Posts com Tag ‘heresias’

“Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.” Efésios 4.14

A razão, atributo dado pelo Senhor a todos aqueles que foram feitos a Sua imagem e semelhança. Contudo, a Maranata em vez de promover a racionalidade, o amadurecimento, a sabedoria de Cristo, está adestrando seus adeptos à irracionalidade. Como todo sistema ditatorial, a liderança da citada Instituição tem pavor da liberdade de expressão, de democracia, aplicando, assim, intensas políticas de censura, inibindo o desenvolvimento do senso crítico, mergulhando os seus adeptos, em matéria de fé, ao completo estado do infantilismo.

Intimidados na racionalidade em Cristo, movidos por impulsos e arroubos, sem refletir, no cumprimento das ordens da liderança, vão muitos resumindo sua vida espiritual a isso. E à medida do tempo, acabam tornando-se presas fáceis dos caprichos de vaidosos e gananciosos líderes religiosos, que mandarão e desmandarão nas suas vidas a bel-prazer, tal como bonecos de mestres ventríloquos. Logo, condicionados mentalmente ao sistema religioso, com suas regras exteriores e mandamentos institucionais, já não compreendem a salvação em Cristo pela vivência do Evangelho em si, senão pela submissão irrestrita ao sistema religioso. Como crianças inseguras, cheios de carências, agora, os adeptos, condicionados, ficam subjugados ao sistema religioso, necessitando de ordenanças para se sentirem seguros e bem consigo mesmos, na sensação de que, só assim, no Caminho estivessem. Um artigo de obrigatória leitura aos irmãos que estão sendo ludibriados por um sistema religioso que visa à alienação de seus adeptos, a que sejam irracionais, de maneira a ficarem totalmente a mercê dos caprichos do PES. Leiam e compreendam o que vem sendo lhes ensinado.

DOWNLOAD DO ARTIGO
Anúncios

 As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei.” Deu 29:29

Uma prática que chama a atenção de um cristão cauteloso quando chega à Maranata é ênfase que seus pregadores dão à palavra “revelação”. Há uma exagerada ênfase a tal palavra, a ponto de constatar que tudo que não seja “revelado” é considerado o mais puro joio. Mas o que seria, na prática, essa tal da “revelação” tanto enfatizada na Maranata? É sabido que a Maranata possui uma queda pela Teologia Alegórica das Sagradas Escrituras. E, em decorrência disso, ensina-se que existe uma forma especial de ler e pregar o conteúdo da Bíblia, essa prática seria alcançada somente por “revelação”, e essa forma teria um nome “A Palavra Revelada”.

  Um texto que fará o leitor a ver a Maranata de uma perspectiva mais transparente, de modo que entender o porquê de ela focar tanto suas pregações e aulas no Velho Testamento; e, por conseqüência, ignorar, quase que por completo os ensinos e fundamentos das cartas apostólicas. Será que, apesar de tal prática ter ares de espiritual, seria, na realidade, uma prática fundamental e honestamente bíblica? Será que realmente o Senhor Deus deseja que suas Sagradas Escrituras sejam objeto dessas práticas, de buscar significados além da letra?

 DOWNLOAD DO ARTIGO

“Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira.Jer 7.18

Este trabalho foi elaborado com o fim de demonstrar as incríveis similaridades entre as doutrinas e ações dessas duas Instituições. O leitor que crê inocentemente que congrega numa Instituição Religiosa dita apontada por Deus como “a preferida” ou, como queiram, a “Obra Revelada”, ficará surpreso com tamanha proximidade ideológica da Maranata com a Igreja Católica Apostólica Romana.  Igreja Católica que é taxada pelos ensinos da Maranata como a “Grande Prostituta”.

As explanações do referido texto é mais uma prova cabal que a Maranata não passa, verdadeiramente, de mais uma mera Instituição Religiosa entre tantas que arroga para si a posição de “exclusiva”, que, por isso, vai de encontro à simplicidade e valores do Evangelho do Reino de Deus. Pela verdade que Cristo nos concedeu, meditemos sobriamente, e saibamos ser sinceros com nós mesmos e com o Senhor.

DOWNLOAD DO ARTIGO

 

“Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça.” Joa 7.18

 Todos que já fizeram parte da Seita Maranata conhece o famigerado estudo da Visão das Viderias, o qual nada mais é do que um estudo apologético da ICM. O estudo elenca 07 pragas que estão hoje a contaminar várias denominações, de forma que acabam preterindo as coisas do Reino de Deus, para beneficiar seus partidos religiosos. Concordamos com as pragas ventiladas. Contudo, a ICM, prepotente e arrogante como é, diz que todas as demais denominações da face da Terra (frisa-se: de toda a Terra) estão contaminadas com pelo menos uma dessas pragas; mas, a “Santa”, a “ICM-Obra” se diz que é a única que não há sequer uma pitada de mácula. A ICM é posta nesse estudo como a “Rainha dos Céus”, a cheia de graça e bendita seja ela entre as denominações.

Assim sendo, mostramos que esse estudo não passa de uma grande mentira fabricada para ludibriar desavidados membros, ocultando-lhes verdades que muitos conhecem por debaixo dos panos, e que, os mestres da “Obra”, mesmo coniventes e estimuladores de pragas na ICM, hipocritamente, ensinam o contrário usando outras denominações (sem citar o nome, mas dando todas as caracteristicas delas) como objetos de desdém, e sobrepujando-as perante a “Santa ICM-Obra Maravilhosa”, enfim, como diz o ditado: o sujo falando do mal lavado. Leiam, irmãos, e conhecam a verdade escondida propositalmente de seus olhos.

DOWNLOAD DO ARTIGO

O artigo tem como objetivo esclarecer o leitor sobre os métodos de recrutamento que as seitas aplicam através de seus discursos. E, naturalmente, promover a reflexão sobre o que está acontecendo com sua vida ou para destrinchar aquilo que possivelmente já esteja desconfiado. É um texto extremamente contundente, de um modo que após a leitura o leitor passará a enxergar muitas coisas de uma perspectiva mais sóbria, transparente e lúcida. Entenderá as técnicas de persuasão deliberadamente utilizadas por oradores religiosos com o fim de pôr o ouvinte na palma da mão, levando-o a fazer aquilo que ele bem aprouver, expressado na ideologia de um sistema sectário-exclusivista. Leiam para vosso amadurecimento como homem e edificação espiritual em Cristo Jesus.

DOWNLOAD DO ARTIGO!

A SANTA SAIA

Publicado: 19/02/2011 em Artigos
Tags:, , , ,

Esse texto tem como propósito expor através das Escrituras Sagradas o mal angustiante e escravagista que a doutrina da Maranata faz com nossas irmãs, cobrando-as moralmente o uso desse vestuário como critério de viver “na revelação”, ou ser rotulada de “entendeu o projeto”, pois ao usar “saia” ou “vestido” está a “serva valorosa” inserida no Corpo de Cristo. Um real ataque a simples doutrina Cristã – heresia.  O texto é muito gostoso, porque está repleto de menções bíblicas que, contundentemente, derruba por terra esse costume religioso-institucional que há em muitas seitas draconianas, especialmente a Maranata que de forma herética, rotula discriminadamente mulheres cristãs com o uso ou não de uma simples peça de roupa, julgando até a sua salvação e espiritualidade. Pela liberdade em Cristo das amadas irmãs.

DOWNLOAD DO ARTIGO!

Uma breve leitura a respeito do argumento subversivo feito por Gamaliel que muitos sectários utilizam com o fim de defender a idoneidade da seita baseando em sua propagação patrimonial e ideológica. Sob a justificativa de que a Igreja Maranata possui um relativo número de membros e de patrimônios espalhados em todos os estados do país, também regozijam-se líderes e membros na exposição de dados e estatíscas como que Deus estivesse, por isso, supostamente abençoando-os, como a cabal prova da aprovação divina no meio deles. Todos esses discursos pautados no conselho de Gamaliel. Assim sendo, estariam eles certos? Esse artigo propõe tal reflexão.

DOWNLOAD DO ARTIGO!