AS SEITAS E A LAVAGEM CEREBRAL

Publicado: 19/02/2011 em Artigos
Tags:, , , ,

O artigo tem como objetivo esclarecer o leitor sobre os métodos de recrutamento que as seitas aplicam através de seus discursos. E, naturalmente, promover a reflexão sobre o que está acontecendo com sua vida ou para destrinchar aquilo que possivelmente já esteja desconfiado. É um texto extremamente contundente, de um modo que após a leitura o leitor passará a enxergar muitas coisas de uma perspectiva mais sóbria, transparente e lúcida. Entenderá as técnicas de persuasão deliberadamente utilizadas por oradores religiosos com o fim de pôr o ouvinte na palma da mão, levando-o a fazer aquilo que ele bem aprouver, expressado na ideologia de um sistema sectário-exclusivista. Leiam para vosso amadurecimento como homem e edificação espiritual em Cristo Jesus.

DOWNLOAD DO ARTIGO!

comentários
  1. juliana disse:

    Deus abençoe! Estou feliz que o Sr dê mais e mais artigos!

  2. Alessandro disse:

    Louvo a Deus pelo que li até agora neste site. Durante anos fui membro desta seita e hoje sirvo a Deus em outra denominação cristã. Tudo o que está descrito aqui, ocorreu comigo, confesso! Quando decidi sair, pois, não queriam realizar meu casamento porque minha esposa era e é Assembleiana, logo foi-me lançado várias maldições e etc…Mas como estava liberto pela “Palavra de Cristo” a única coisa que fiz foi repreender em nome de Jesus tudo aquilo que lançaram sobre mim…resultado: Sou liberto pelo Senhor Jesus, amém.

  3. Existem suspeitas com fundamento que a igreja cristã maranata é uma das seitas implantadas pela CIA americana nos anos de 60 na América Latina para enfraquecer os regimes governamentais dos países ao sul da fronteira dos Estados Unidos – esta prática do serviço secreto dos Estados Unidos é um fato comprovado.

    As paralelas estão ai – geralmente os “donos” dessas seitas mantêm mansões nos Estados Unidos.

    Existe outra paralela que coincide – nos anos de 1962 a 1965 um dos suspeitos responsáveis por “plantar” essas seitas – Jim Jones – ficava viajando entre Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo conhecendo igrejas e seitas locais – pouco depois começou a rebelião de Gedelti Gueiros na Igreja Presbiteriana e após fracasso nasceu a igreja cristã maranata.

    Mais tarde, em 1978, Jim Jones levou 909 seguidores dele, entre eles 303 crianças com sua seita “Peoples Temple Christian Church” (Igreja Cristã Templo das Pessoas) á morte. A morte em massa aconteceu em Jonestown (maanaim de Jim Jones) em 17 de Novembro de 1978.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s